Escolas de inglês na Irlanda, realmente valem a pena? Minha experiência na ELA

A ELA (English Language Academy) é uma das suas opções de escola de inglês na Irlanda?

Está em dúvida se realmente vale a pena e quer saber mais detalhes?

Então continue lendo esse artigo, no qual relato a minha experiência de quatro meses nessa escola. Espero que te ajude!

 

É muito importante deixar claro, que tudo que abordarei nesse post será de acordo com a minha experiência individual.

Cada pessoa tem uma opinião de acordo, principalmente, com suas expectativas e experiências vividas. Eu particularmente, já tive experiência com escola de inglês no Brasil quando era muito nova (tinha cerca de 14 anos).

O fato é que nunca gostei de estudar inglês e confesso a vocês que tenho lembrança zero dessa época. Não lembro de nenhum professor, não lembro das aulas, do livro e as vezes penso se realmente eu estive lá. 🤔

Obviamente, não aprendi nada. Por que a escola era ruim? Não. Por que os professores eram ruins? Não. Porque no fundo, eu não tinha interesse, não gostava e não achava importante.

Atualmente, tenho 27 anos e me arrependo imensamente por ter deixado essa oportunidade, que tive aos 14 anos, simplesmente passar. Com o tempo entendi a importância que o inglês tem no mundo e automaticamente em nossas vidas. O primeiro passo para aprender é: querer aprender. Porém eu sabia que não conseguiria aprender nos cursos de inglês do Brasil.

Apesar de saber da importância e querer aprender, o fato de não gostar, o fato das escolas de inglês no Brasil serem caras e fornecerem no máximo duas aulas semanais de uma hora e meia, somado ao fato que temos muitas outras responsabilidades como trabalho, faculdade, etc. Me davam a certeza de que eu não conseguiria aprender inglês no Brasil.

Com isso, as minhas expectativas de vir estudar inglês na Irlanda eram as seguintes:

  • Eu iria estudar o período da manhã todos os dias;
  • Iria procurar um trabalho que me permitisse estar mais em contato com a língua inglesa, durante o outro período do dia;
  • E sobretudo, me dedicaria nos tempos livres a realmente estudar sozinha. Afinal, eu estaria no país para me dedicar inteiramente à aprender inglês.

 

Como você pode observar, minhas expectativas não continham nada sobre a escola ser a melhor em questão de didática ou professores. Realmente a decisão sobre a escola, foi pelo fato de ser mais acessível financeiramente. O restante, realmente não era muito importante, porque eu estava disposta a aprender por mim mesma de qualquer forma e a escola seria apenas o meu direcionamento.

Dito isso, preciso dizer que essa escola me surpreendeu e superou as minhas expectativas. Irei descrever minha avaliação sobre os itens:

  • Espaço físico;
  • Qualidade dos professores;
  • Material didático;
  • Setor administrativo;
  • Atividades sociais;
  • Localização.

 

Espaço físico

A escola possui dois prédios em locais distintos e próximos. O prédio principal, no qual eu estudo, tem três andares. Considero a estrutura física da escola boa, as salas são grandes, comportam cerca de 15 alunos, as cadeiras são de braço e almofadadas. No entanto, tem algumas salas com cadeiras que possuem mesinhas que são ainda mais confortáveis. O prédio possui escadas e um elevador.

Todas as salas possuem quadro branco, um computador e retroprojetor. As salas possuem muitas informações básicas de inglês coladas nas paredes, como verbos, alguns diálogos comuns, nomes de verduras, frutas e coisas do dia a dia. Acho muito legal!

 No subsolo tem um espaço muito legal de estudar, muitos livros que podem ser locados, uma mesa grande e alguns sofás. Além de uma máquina de café expresso que custa apenas 1€ o ☕. É a salvação para se livrar do soninho! 😴

No site da escola você pode assistir um vídeo onde mostram toda a estrutura do prédio principal.

 

Qualidade dos professores

Durante os quatro meses de curso, tive apenas um professor na ELA. Considero esse professor bom. Ele é jovem e tem uma relação com os alunos de maneira geral muito próxima. Está sempre disposto a ajudar e entender as nossas necessidades.

Propõe sempre dinâmicas diferentes que nos ajudam de forma divertida e espontânea a desenvolver a conversação em inglês. Dessa forma, a aula não se torna monótona, aumenta a nossa disposição em interagir mais e nos sentimos muito a vontade em falar sem medo de errar.

Durante esses quatro meses, nosso professor pegou alguns dias aleatórios de férias. Nesses períodos, tivemos aula com diferentes professores substitutos. Nessa experiência com outros professores, tive parâmetros para comparar a qualidade do nosso professor fixo, que considero boa, com relação à didática de ensino, organização, comunicação e dinâmica em sala de aula.

 

Material didático

Infelizmente o material didático utilizado pela escola é completamente ultrapassado. É utilizado um livro de aproximadamente dez anos atrás. O livro não é didático e os conteúdos não condizem com a realidade em que vivemos atualmente.

 Se o professor tomasse por base apenas o livro, com certeza a aula seria extremamente monótona. No entanto, ele utiliza o livro apenas de forma complementar, durante as aulas são discutidos diversos outros conteúdos e atividades além do livro.

 

Setor administrativo

Esse é o setor responsável por todas as questões burocráticas que você necessite. A maioria dos funcionários são extremamente educados e prestativos. Nunca tive problemas com a secretaria.

Tudo na escola funciona apenas via e-mail e possuem até 48 horas para respondê-los. De um lado é muito interessante, uma vez que o e-mail é uma forma de documento na qual você pode se resguardar perante qualquer erro ou mal entendido.

Por outro lado, em situações que demandem urgência, o demorado tempo de resposta se torna um fator negativo para esse tipo de comunicação.

 

Atividades Sociais

Com relação às atividades sociais da ELA, não tenho o que reclamar, a escola semanalmente proporciona diferentes atividades extra sala de aula, como o Clube do Livro, encontros para praticar conversação e até mesmo festas em pubs.

Durante o período de aula, também temos atividades como excursões à museus, cafeterias e cinema. Recentemente, fizemos uma atividade incrivelmente divertida de caça ao tesouro pela cidade. Nos foi entregue vários desafios para serem realizados em diferentes lugares de Dublin e ao final a equipe vencedora recebeu um prêmio.

Essa atividade foi muito marcante (com direito a pint no pub e vídeo de dancinha irlandesa em frente ao St Stephen’s Green) e merece um post especialmente para ela. Se vocês tem curiosidade para saber como foi, deixem nos comentários!

Essas experiências extras sala de aula são muito ricas e fazem toda diferença no nosso aprendizado.

 

Localização

A ELA está muito bem localizada, a escola fica no centro da cidade, numa região com transporte disponível para todo os lugares de Dublin.

Além disso, possui uma rica variedade de comércios ao redor da escola, como grandes supermercados, shopping, restaurantes e pubs.

 

Afinal, recomenda ou não a ELA?

Eu recomendo sim, se assim como eu, você realmente está disposto a se dedicar no estudo do inglês sem depender apenas da escola ou do professor, essa possui uma excelente relação custo- benefício!

 

Mix de nacionalidades

Como vocês podem ter observado, não mencionei algo que as pessoas se preocupam muito: a quantidade de brasileiros na sala de aula.

Não avaliei esse fator porque para mim realmente não é algo que faça tanta diferença. Mas se para você é um fator relevante, a maioria dos estudantes dessa escola são brasileiros. Na minha sala por exemplo, têm apenas um aluno vietnamita e uma italiana.

 


Espero ter te ajudado com a minha avaliação da escola ELA. Lembrando que tudo que abordei nesse post é baseado na minha experiência pessoal. Leia também este post onde falo sobre 6 motivos para fazer intercâmbio na Irlanda.

Acompanhe a gente no Instagram e conheça nosso canal do Youtube! Até a próxima! 🍀 🇮🇪

Intercambista de inglês na Irlanda desde junho de 2017. Fisioterapeuta e mesmo vivendo em Dublin cursa seu doutorado pelo Inmetro do Rio de Janeiro. Ama os parques de Dublin.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.