Cidade de Galway - Irlanda

Intercâmbio de Inglês na Irlanda em 5 Passos

Desbravar o mundo; viver novas experiências; aprender um novo idioma. Muitos sonham com um intercâmbio de inglês, porém, poucos realmente vão em busca da realização.

Pode parecer algo de outro mundo, fora da sua realidade, ou simplesmente você não tem informações que o ajudem a entender como alcançar esse objetivo. Na verdade, nada na vida é fácil, porém está longe de ser impossível!

Entenda quais são os primeiros passos para a realização do seu intercâmbio de inglês na Irlanda.

1 – Providenciar o Passaporte, seu documento de identificação no exterior

O passaporte brasileiro, com chip e a identificação do Mercosul na capa, tem validade de 10 anos (Fonte: viagemeturismo.abril.com.br)

O documento mais importante aqui nesse processo é o passaporte, ele será o seu documento de identificação no exterior. É como a sua carteira de identidade aqui no Brasil.

O órgão responsável pela emissão do passaporte é a Polícia Federal.

O custo do passaporte (até a data em que este artigo foi escrito) é de R$257,25 segundo o site da própria Polícia Federal. Este passo tem que ser resolvido o quanto antes, pois a entrega do passaporte demora em média 30 dias úteis.

Você também pode conferir nosso vídeo sobre os Primeiros Passos para o Intercâmbio na Irlanda em 2018. Lá também falamos sobre os documentos necessários e quanto custa um intercâmbio!

2 – Decidir em qual cidade realizará seu intercâmbio de inglês

Cidade de Galway, opção de intercâmbio de inglês na Irlanda
Cidade de Galway, opção de intercâmbio de inglês na Irlanda (Fonte: iSotck)

Intercâmbio de inglês na Irlanda não se restringe à Dublin, você também pode optar por cidades no interior como Cork, Limerick e Galway. Claro que a capital te oferece mais opções de entretenimento, acessos a outros países de forma mais rápida, mas a verdade é que nas cidades do interior você também irá encontrar bons cursos e com preços talvez menores que na capital.

A cidade de Dublin é a maior do país, com cerca de 2 milhões de habitantes. Nela você encontrará pessoas de várias outras nacionalidades, assim como outros brasileiros. O custo de vida na cidade é um pouco mais elevado, porém a média salarial também é uma das mais altas do país.

A cidade de Cork é a segunda maior do país, com uma população média de 120 mil habitantes. A cidade chama a atenção por não ser, nem tão grande, nem tão pequena, e com um custo de vida em torno de 30% menor que em Dublin. Possui também noites agitadas com pubs e bares.

A cidade de Limerick abriga o segundo mais importante aeroporto do país. Com um custo de vida similar à Cork, Limerick tem uma população média de 53mil habitantes e consegue fornecer uma vida noturna agitada, graças aos universitários que lá residem.

E por último, para quem busca uma cidade mais tranquila, Galway com uma população média de 70 mil habitantes, chama a atenção para as praias no verão. Você também encontrará diversos pubs puramente tradicionais. O custo de vida é de 40% menor se comparado à Dublin.

3 – Entender o Visto de Estudante da Irlanda

Visto de Estudante – Stamp 2 (Fonte: Tá na Europa)

O Stamp 2 é o visto que te permite estudar e trabalhar durante seu intercâmbio de inglês na Irlanda.

Ao chegar no Aeroporto, você passará pelo serviço de imigração e após apresentar seus documentos, receberá um visto temporário que tem validade entre 1 e 3 meses.

Esse é o tempo que terá para permanecer legalmente no país, até pegar o visto válido para o tempo do seu intercâmbio no prédio do IRP na data que você tiver agendado.

É importante que esse agendamento no IRP seja feito com pelo menos 30 dias de antecedência da sua viagem, pois você corre o risco de perder o prazo do visto temporário. O agendamento pode ser feito pelo site INIS https://burghquayregistrationoffice.inis.gov.ie/

O Stamp 2 só é válido para curso com duração mínima de 25 semanas. O visto é válido por 8 meses, sendo eles, 6 meses de curso e 2 meses de férias. Para quem deseja prolongar os estudos, é possível renová-lo duas vezes.

O visto de estudante, ainda te permite trabalhar legalmente no país por 20 horas semanais. Salvo a regra para períodos de maior demanda de trabalho na Irlanda, onde você pode trabalhar 40 horas semanais (junho, julho, agosto e setembro e entre os dias 15 dezembro a 15 de janeiro).

4 – Contratar uma Agência de Intercâmbio?

Site de avaliações de agências de intercambio – Gullbi.com

Agora é chegada a vez de decidir prosseguir esse caminho sozinho ou procurar uma agência de intercâmbio.

Independentemente de como decida prosseguir, é muito importante que procure informações com quem já passou pela experiência de intercâmbio, relatos na internet, reclamações e sugestões.

No caso de quem acha mais seguro seguir com uma agência de intercâmbio, você deve pesquisar sobre a empresa no PROCON, no Reclame Aqui, sites de avaliações e páginas no Facebook (vale também para as escolas).

Falando em site de avaliações, o Gullbi é um site voltado para avaliações e reclamações sobre agências de intercâmbio. Essas avaliações e reclamações são feitas pelos próprios intercambistas que já vivenciaram a experiência.

Para você que ainda está buscando informações nosso site é um excelente meio de confirmação se determinada agência é a melhor opção ou não, para você fechar seu intercâmbio. Dessa forma, você se sentirá mais seguro sobre a sua decisão.

E não conta pra ninguém, mas se quiser uma recomendação pessoal de agência de intercâmbio é só falar com a gente pelo [email protected] ou deixar o seu email nos comentários que a gente fala com você.

5 – Documentos apresentados na imigração da Irlanda

Prédio da Imigração (Fonte: http://welcomeireland.ie)

Ao chegar para o seu intercâmbio de inglês, você precisará ter os seguintes documentos:

  • Passaporte;
  • Passagem de ida e volta (mesmo que você pretenda renovar o intercâmbio);
  • Carta de matrícula da escola;
  • Carta de acomodação;
  • Seguro Saúde Governamental;
  • Comprovação dos 3 mil euros.

Os 3.000 euros são para comprovar que você tem condições de se manter no país. Ele deve ser apresentado tanto no aeroporto, como na hora da solicitação do visto no prédio do IRP. Para o IRP o dinheiro não pode ser em espécie, veja o artigo 3 formas de comprovar seu dinheiro.

É recomendado que você leve ao menos mil euros a mais para se manter até a data da solicitação do visto.

No caso de quem optou em fechar com uma agência, ela será responsável por lhe entregar a carta de matrícula, a carta de acomodação e o Seguro Saúde Governamental, ou seja, ela tem que te encaminhar esses documentos antes da data de viagem.

Atenção: o seguro governamental é apenas para serviços de emergência.

Sendo assim, dependendo do seu histórico de saúde, você pode optar por contratar um serviço de Seguro Privado, porém este não é obrigatório para o seu intercâmbio.

As passagens aéreas, você pode tanto comprar sozinho ou fechar todo o pacote com a própria agência.

Se você decidiu comprar sozinho, fique atento se houver escalas. Alguns países, como Estados Unidos, exigem o visto de trânsito (visto para fazer conexão no país) e precisa ser emitido antes da viagem.

Para você que está indo por conta própria, também precisará de todos documentos listados acima. Alguns você precisará ir atrás e outros será a sua escola.

A carta de matrícula, por exemplo, será enviada pela própria escola contratada. A carta de acomodação será o comprovante de reserva do seu hotel ou hostel. Ou mesmo uma carta da pessoa responsável pelo lugar que você ficará hospedado.

“O mundo está nas mãos daqueles que tem a coragem de sonhar e de correr o risco de viver seus sonhos”

Planejar é bom, mas em algum momento isso tem que sair do papel, a vida tem mais graça fora dele. Portanto, arrisque-se, dê o primeiro passo, só assim ele ficará mais perto de se tornar realidade.

Espero ter ajudado um pouco para a realização desse sonho. Em quais desses passos você está? Comente aqui embaixo, deixe dúvidas ou sugestões.

Veja também: Tirando o GNIB na Irlanda, 3 formas de comprovar seu dinheiro

 

Estudou administração porém migrou para área de Marketing Digital. Mora em Portugal, na cidade de Lisboa, mas já planeja para os próximos meses o seu intercâmbio na Irlanda.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.